Inicialmente, o IEPS terá quatro eixos de atuação:

1

Produção de pesquisa

O IEPS produzirá pesquisa em economia da saúde e saúde pública, sob coordenação do Professor Rudi Rocha, da Escola de Administração de Empresas de São Paulo – FGV EAESP, sempre que possível com o uso de microdados/big data e análise quantitativa. Nosso objetivo aqui é fundamentar propostas de políticas públicas com base em evidências. Contamos com uma equipe própria de pesquisadores, além do apoio de mestrandos, doutorandos e post-docs. Queremos funcionar como um hub para receber pesquisadores visitantes do Brasil e do mundo inteiro, sendo um de nossos propósitos gerar “bem público” ao facilitar o acesso e a análise de informações sobre a saúde no Brasil.

2

Formulação de políticas de saúde

O IEPS produzirá propostas concretas de políticas públicas de saúde, inclusive sobre o desenho do sistema de saúde como um todo, sempre procurando ouvir especialistas, gestores, agentes e usuários do sistema e demais partes interessadas. E trabalhará, de forma engajada, para que o Estado as adote nos níveis federal, estadual e municipal.

3

Fortalecimento da gestão pública

O IEPS considera que a gestão é um dos principais entraves para que tenhamos no Brasil um sistema de saúde bem coordenado, eficiente e voltado a garantir acessibilidade e qualidade para todos. Trabalharemos em parceria com outras instituições — governamentais e não-governamentais — para identificar as melhores práticas e fortalecer a boa gestão pública de saúde.

4

Cultura de saúde

O IEPS entende que para alcançar qualidade de saúde para a população, não basta melhorar o sistema de atenção à saúde, é também necessário promover o que chamamos de “cultura de saúde” na sociedade brasileira. Para atingir esse objetivo, buscaremos tornar o tema prioritário (de verdade!) no debate público, na produção acadêmica e no ambiente cultural.