A falta de transparência do Executivo pode agravar nosso quadro sanitário
Médicos fazem treinamento no hospital de campanha para tratamento de covid-19 do Complexo Esportivo do Ibirapuera. Foto: AFP
Médicos fazem treinamento no hospital de campanha para tratamento de covid-19 do Complexo Esportivo do Ibirapuera. Foto: AFP

As denúncias em torno de negociações de vacinas e supostas intermediações com variados tipos de “vendedores” ocupam as principais páginas da imprensa. É natural que na volta do recesso a CPI se empenhe em investigar mais a fundo a possível corrupção nesses processos. Mas existe um tema que não pode sair do radar político e que também deveria chamar a atenção de todos nossos parlamentares: o governo federal está dificultando o acesso a informações cruciais sobre a saúde da população. Isso pode dificultar a resposta do Brasil às consequências da pandemia.

Leia, na íntegra, o artigo do diretor executivo do IEPS, Miguel Lago, da Coordenadora de políticas públicas do IEPS, Rebeca Freitas, e do diretor de políticas públicas do IEPS, Arthur Aguillar, no site de notícias “Congresso em foco”.