Profissionais de saúde caminham pela favela da Rocinha, no Rio de Janeiro, para fazer o teste de Covid nos moradores. Foto: Silvia Izquierdo/AP
Profissionais de saúde caminham pela favela da Rocinha, no Rio de Janeiro, para fazer o teste de Covid nos moradores. Foto: Silvia Izquierdo/AP

O Brasil ultrapassou 5 milhões de casos confirmados na noite de quarta-feira e está beirando a 150.000 mortos, o segundo maior número do mundo, de acordo com a contagem da Universidade Johns Hopkins.

“Os prefeitos que concorrem à reeleição não têm interesse em impor qualquer tipo de bloqueio ou restrições”, disse Miguel Lago, diretor executivo do Instituto de Estudos para Políticas de Saúde (IEPS).

Leia a reportagem completa no site da agência de notícias “Associated Press”