Brasil ultrapassa Reino Unido e é o país com o terceiro maior número de casos de coronavírus
Covas se multiplicam em cemitério de Manaus devido às mortes por COVID-19. Foto: Reuters
Covas se multiplicam em cemitério de Manaus devido às mortes por COVID-19. Foto: Reuters

O Brasil ultrapassou o Reino Unido e se tornou o terceiro país com maior número de infecções confirmadas por coronavírus, em meio a advertências de seu ex-ministro da Saúde de que três dolorosos meses estão à frente.

A maior economia da América Latina já registrou 254.220 casos, ficando atrás apenas dos Estados Unidos e da Rússia, e à frente do Reino Unido, que na segunda-feira tinha 247.706.

“É terrível ver que o Brasil está mais preocupado com política do que com saúde. É um absurdo que no meio de uma crise humanitária estejamos discutindo tanto política mesquinha”, disse Miguel Lago, diretor executivo do Instituto de Estudos para Políticas de Saúde (IEPS).

“Mas acho que essa é a estratégia do Bolsonaro”, acrescentou Lago, argumentando que o presidente estava tentando se distrair e repudiar o impacto humano e econômico negativo da pandemia.

“Há muitas discussões importantes que devemos ter. Como podemos combater a crise econômica? Como podemos combater a crise de saúde? Como podemos melhorar nosso sistema de saúde durante e após a crise do coronavírus? Como podemos lidar com a perda de 10% do nosso PIB? Mas nenhuma dessas discussões está ocorrendo. Tudo o que estamos discutindo é política”, critica Lago.

Leia a matéria completa, em inglês, no site do jornal britânico “The Guardian”