Cidades brasileiras fecham repentinamente com o aumento de casos de coronavírus
Avenida é parcialmente esvaziada em meio às restrições de deslocamento num esforço para impedir a disseminação do coronavirus em Madureira, bairro do Rio de Janeiro. Foto: (AP)
Avenida é parcialmente esvaziada em meio às restrições de deslocamento num esforço para impedir a disseminação do coronavirus em Madureira, bairro do Rio de Janeiro. Foto: (AP)

Os movimentos de brasileiros foram completamente restringidos em menos de duas dezenas de cidades espalhadas por este país de 211 milhões de pessoas, embora o número de mortos no Brasil seja de mais de 12.000, o mais alto da América Latina.

Bloqueios mais rígidos são necessários porque os médicos brasileiros estão sendo forçados a escolher quem vive ou morre e as situações de triagem podem gerar inquietação social se aumentarem, disse Miguel Lago, diretor-executivo do Instituto Brasileiro de Estudos de Políticas de Saúde, sem fins lucrativos, que assessora autoridades de saúde pública.

Leia a reportagem completa no site da emissora americana “Fox News