Coronavírus nos EUA e no Brasil: três semelhanças entre os dois países com mais casos e mortes
Bolsonaro se encontra com o presidente americano, Donald Trump, em Washington. Foto: Alan Santos/Presidência da República
Bolsonaro se encontra com o presidente americano, Donald Trump, em Washington. Foto: Alan Santos/Presidência da República

Quando o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, se encontrou pela última vez com seu homólogo brasileiro, Jair Bolsonaro, pessoalmente, ambos provavelmente não sabiam que seus países seriam mais duramente atingidos pelo coronavírus menos de quatro meses depois.

“A resposta de Trump, com voltas e reviravoltas, e grandes inconsistências, é semelhante a Bolsonaro: eles adicionam mais instabilidade política a uma situação onde já existe saúde e instabilidade econômica”, disse Miguel Lago, diretor do Instituto de Estudos para Políticas de Saúde (IEPS), no Brasil.

Leia a reportagem completa, em espanhol, no site “BBC Mundo”