Helio Santos: desigualdades raciais na saúde
Foto: Paula Fróes/Governo da Bahia
Foto: Paula Fróes/Governo da Bahia
Helio Santos: desigualdades raciais na saúde Ouvir o texto

Neste vídeo, o professor e doutor em administração pela USP Helio Santos discute como explicar as desigualdades raciais na saúde se o SUS é público, universal e democrático.

“Por que é que o SUS, sendo universal, acontece dessa forma? O SUS é uma conquista, e é um construto democrático. Chama-se racismo institucional. Racismo institucional é a incapacidade do setor público de atender a todos de forma equânime. E se a gente perceber, o que chamamos de necropolítica, que é a decisão que se tem em relação a como algumas pessoas vão viver e como devem morrer. Aqui, nós temos um exemplo inteiro desse conceito filosófico da necropolítica.

Confira abaixo a participação de Helio Santos no “Pergunte a um pesquisador”, do Nexo Políticas Públicas.

Palavras-Chaves