Artigo-AI-Saúde-Portal-ERP
Foto: Getty images
Foto: Getty images

A massa de dados produzida e armazenada diariamente a partir de exames clínicos, atendimentos hospitalares e ambulatoriais, e registros de óbito e de sinistro permite criar variáveis agregadas que enriquecem a tomada de decisão em empresas da área de saúde. As informações apontam qual a melhor opção para ser escolhida, o que aumenta a eficiência, reduz custos ou direciona para o maior retorno sobre o investimento.

Leia aqui, na íntegra, o artigo para o blog “Saúde em Público” de Cláudio Alves Monteiro, bacharel em Ciência Política, mestre em Ciência da Computação na área de Inteligência Computacional, ambos pela Universidade Federal de Pernambuco, professor de Machine Learning e cientista de dados na Neurotech, desenvolvedora de soluções de Inteligência Artificial e Ciência de Dados para o mercado de saúde.

O blog “Saúde em Público”, hospedado no site do jornal “Folha de S.Paulo”, tem curadoria do IEPS. É um espaço dedicado às vozes da saúde, que trazem dados e evidências para embasar políticas públicas no setor.