Ministério admite à CPI queda geral de vacinação contra outras doenças
Campanha de vacinação na cidade de Santos (SP) Imagem: Fabrício Costa/Futura Press/Estadão Conteúdo
Campanha de vacinação na cidade de Santos (SP) Imagem: Fabrício Costa/Futura Press/Estadão Conteúdo

O Ministério da Saúde reconheceu à CPI da COVID-19, em documento protocolado nesta quinta-feira (15), “a existência de redução nas coberturas vacinais (CV)” de um grupo de 15 principais imunizantes para outras doenças que não a COVID-19. Segundo os dados apresentados pelo ministério, a queda foi acentuada nos dois primeiros anos do governo de Jair Bolsonaro (2019-2020).

A nota informativa foi produzida pela coordenação-geral do PNI (Programa Nacional de Imunizações) da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério em resposta a um requerimento do senador Humberto Costa (PT-PE), membro da CPI, que indagou o ministério a respeito de uma pesquisa realizada pelo IEPS (Instituto de Estudos para Políticas de Saúde).

Leia a reportagem completa no portal de notícias “UOL”