Mortes por COVID-19 no Brasil se aproximam rapidamente da marca dos EUA
Sistema funerário de Manaus colapsou e não suporta demanda de mortes por COVID-19. Foto: AFP
Sistema funerário de Manaus colapsou e não suporta demanda de mortes por COVID-19. Foto: AFP

Seis meses após o início da pandemia COVID-19, os EUA continuam a liderar o mundo em casos e mortes. Mas os especialistas temem que o Brasil corra o risco de ultrapassá-lo quando o assunto for fatalidades.

Miguel Lago, diretor executivo da organização sem fins lucrativos Instituto de Estudos para Políticas de Saúde (IEPS) disse à “Newsweek” que acredita que o Brasil pode ultrapassar os EUA em termos de mortes “nas próximas semanas”.

Leia a reportagem completa, em inglês, no site da revista americana “Newsweek”.