No Brasil de Bolsonaro, todos os outros são culpados pelo vírus
O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, em um raro momento durante a pandemia, usa uma máscara facial (AP Photo / Eraldo Peres)
O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, em um raro momento durante a pandemia, usa uma máscara facial (AP Photo / Eraldo Peres)

Com o Brasil emergindo como um dos países mais infectados do mundo, o presidente Jair Bolsonaro está desviando toda a responsabilidade pela crise do coronavírus, jogando a culpa em prefeitos, governadores, um ministro da saúde que está deixando o cargo e na mídia.

Dois ministros da saúde deixaram o cargo durante a pandemia, tornando o Brasil a única nação do mundo que pode reivindicar tal distinção, diz Miguel Lago, diretor executivo do Instituto de Estudos para Políticas de Saúde.

O Brasil é “completamente incapaz de lidar e responder a esta crise como ela deve ser respondida – com liderança completa, mensagens claras, estabilidade política e unidade”, disse Lago. “Esse não é o caso aqui. Basicamente, o que estamos vendo é uma total falta de seriedade e competência”.

Leia a reportagem completa, em inglês, no site da agência de notícias “Associated Press”