O elo entre recessão e mortalidade, segundo este economista
Seringas, luvas e outros equipamentos médicos em hospital público em Boa Vista, Roraima.
Seringas, luvas e outros equipamentos médicos em hospital público em Boa Vista, Roraima.

Homens, negros e pessoas de meia idade foram os grupos mais afetados pela atual recessão econômica no Brasil. É o que diz uma pesquisa publicada em 1° de novembro pela revista científica “The Lancet Global Health”, que relacionou a recessão registrada no país com o quadro de mortalidade no período de crise. O estudo foi realizado por sete pesquisadores do Brasil e do Reino Unido que atuam na área de saúde e de economia.

Leia mais na entrevista no site do “Nexo Jornal”