Sem dedução do IR, classe média se preocuparia mais com SUS, diz Arminio Fraga
O fundador do IEPS, Arminio Fraga em entrevista à Fola de S. Paulo
O fundador do IEPS, Arminio Fraga em entrevista à Fola de S. Paulo

Se os 10% mais ricos do país não descontassem seus gastos com saúde e educação do Imposto de Renda, talvez se preocupassem mais com a qualidade do serviço público brasileiro, diz o economista, ex-presidente do Banco Central e fundador do IEPS, Arminio Fraga, que detalha o porquê da criação do Instituto.

Leia a entrevista completa na “Folha de S. Paulo”