O impacto da tecnologia de ponta na formação do médico do futuro
Cirurgias à distância já podem ser realizadas no Brasil. Foto: Pixabay
Cirurgias à distância já podem ser realizadas no Brasil. Foto: Pixabay

Ainda que a natureza da profissão seja a busca ativa e constante por aperfeiçoamento e atualização, é preciso expandir o conhecimento em direção às novas tendências. Muito se fala do médico do futuro, das múltiplas habilidades e dos caminhos essenciais de formação, mas olhando apenas para os próximos anos. O futuro já chegou e capilarizar o conhecimento médico depende de uma mistura de fatores.

É urgente falar sobre isso. É primordial manter uma escuta ativa com os médicos e prover novas formas de construir e disseminar o conhecimento. Tecnologias que podem ser ainda disruptivas para algumas áreas já fazem parte da rotina médica e  fazem a diferença em prognósticos e linhas de cuidado. 

Leia aqui, na íntegra, o artigo para o blog “Saúde em Público” de André Raeli, diretor de educação continuada da Afya, maior ecossistema de educação e tecnologia voltada para a saúde no Brasil.

O blog “Saúde em Público”, hospedado no site do jornal “Folha de S.Paulo”, tem curadoria do IEPS. É um espaço dedicado às vozes da saúde, que trazem dados e evidências para embasar políticas públicas no setor.