O Boletim IEPS Data n. 2 analisa a evolução dos principais indicadores da Atenção Básica nos municípios e estados brasileiros. Ele faz parte de uma série de boletins IEPS Data, composta também pelos boletins de Mortalidade e Morbidade, de Recursos e de Despesas com Saúde. Todos se baseiam nas dimensões incorporadas no Panorama de Saúde Local do IEPS Data, que oferece uma visão resumida da saúde de municípios e regiões de saúde do Brasil.

Analisamos três indicadores sobre a atenção básica à saúde nos municípios e estados do Brasil: Cobertura da Atenção Básica, Cobertura Vacinal de Poliomielite e Percentual de Nascidos Vivos comPré-Natal Adequado. Os três indicadores capturamdiferentes dimensões da atenção básica: capilaridade da cobertura e capacidade de provisão de serviços essenciais para a saúde materno-infantil. A cobertura da atenção básica é dada pelo percentual da população residente coberta por equipes da Estratégia Saúde da Família e por equipes de Atenção Básica equivalentes. A cobertura vacinal estimada de poliomielite é dada pelo percentual da população-alvo (crianças de até 4 anos) com a quantidade de doses correspondente do imunizante. O percentual de nascidos vivos com pré-natal adequado é dado pelo percentual de nascidos vivos cujas mães tiveram seis ou mais consultas de acompanhamento pré-natal, sendo a primeira com início até a 12ª semana de gestação. O acompanhamento pré-natal é essencial para a prevenção e detecção precoce de patologias que possam afetar a gestante ou o feto, contribuindo para a redução dos riscos da gestação e do desenvolvimento do feto. Descrições detalhadas dos indicadores, incluindo fonte dos dados e metodologia, são disponibilizadas na seção “Métodos e Documentação” do portal IEPS Data.

Para cada indicador, mostramosa distribuição geográfica para o último ano comdados disponíveis (2021) através de mapas. Adicionalmente, mostramos a evolução desde a primeira data comdados disponíveis para cada indicador. Para os estados, mostramos a evolução de cada unidade em um gráfico de setas. Para os municípios, mostramos a evolução entre o primeiro e o último ano com dados disponíveis de grupos de municípios de uma mesma região geográfica com valores próximos através de um gráfico de dispersão agrupado.

Baixe o documento e leia na íntegra