Concluída a segunda etapa de formação dos gestores e gestoras municipais cearenses
Ilustração: Francisco Oliveira/ Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa)
Ilustração: Francisco Oliveira/ Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa)

O encerramento da segunda etapa da formação do Programa Cuidar Melhor aconteceu no início deste mês. O curso é resultado de uma parceria do IEPS e da Umane com a Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (SESA-CE) e reuniu secretárias e secretários de saúde e técnicas e técnicos das secretarias municipais. O objetivo da formação é apoiar a construção de planos de ação para melhorar os indicadores de saúde estabelecidos no programa.

Para Jéssica Remédios, pesquisadora de políticas públicas do IEPS, as formações e o Programa Cuidar Melhor demonstram como é possível aprimorar os processos de regionalização da saúde com diálogo, coordenação e apoio entre municípios de uma mesma região. Ela destaca também a abordagem das formações, que enfatiza o protagonismo dos gestores locais na identificação dos problemas e na construção das soluções.

Para nós, enquanto IEPS, é uma oportunidade ímpar capacitar quase 70 municípios cearenses, dando à eles ferramentas para que definam seus problemas, pensem as soluções e construam um plano de ação.

“O Programa Cuidar Melhor é um exemplo potente de como é possível aprimorar os processo de regionalização, dada a necessidade de coordenação e apoio entre municípios da mesma região. Além disso, ao investir recursos para que haja melhora dos indicadores de saúde, os municípios são instrumentalizados para que as mudanças de fato aconteçam. Para nós, enquanto IEPS, é uma oportunidade ímpar capacitar quase 70 municípios cearenses, dando à eles ferramentas para que definam seus problemas, pensem as soluções e construam um plano de ação. Colocamos em prática a nossa missão que é aprimorar políticas públicas de saúde e vamos além ao estarmos próximos de municípios, colocados como protagonistas no processo de mudanças que podem fazer toda a diferença para os usuários do SUS do Ceará”, afirma a pesquisadora de políticas públicas do IEPS.

Concluída a segunda etapa de formação dos gestores e gestoras municipais cearenses
O encerramento da 2ª edição da formação dos gestores e gestoras cearenses aconteceu de forma virtual no início de julho. Foto: Divulgação/IEPS

A segunda etapa da formação dos gestores e gestoras municipais contou com 7 turmas em 3 sessões de trabalho cada, dedicadas a identificar os principais problemas, propor soluções para eles e, por fim, construir planos de ações factíveis, possíveis de serem implementados nos territórios. Cada sessão teve duração de 2h e o objetivo foi estimular a reflexão e colocar em prática, de maneira estruturada, planos que tragam impacto positivo nos indicadores do Programa Cuidar Melhor em cada município.  

Formações do Programa Cuidar Melhor

A primeira etapa de formação dos gestores e gestoras aconteceu no entre março e abril deste ano e contou com a participação de prefeitas e prefeitos cearenses e secretárias e secretários municipais de saúde. Nesse primeiro momento, os participantes puderam analisar de forma individualizada e comparativa o desempenho dos indicadores do Cuidar Melhor e avaliar de forma estratégica quais blocos do programa deveriam ser priorizados pelas equipes de saúde. Os blocos do Cuidar Melhor são: Geral/Atenção Primária à Saúde, Redução da Mortalidade Infantil, Redução da Mortalidade por AVC e Infarto Agudo do Miocárdio (IAM) e redução da Mortalidade por acidente de Trânsito Envolvendo Motocicleta. 

Somando primeira e segunda etapas, as formações do programa contaram com 29 sessões de trabalho, totalizando 58 horas de aulas. Participaram 16 prefeitos e prefeitas, 125 secretários e secretárias e 90 técnicos e técnicas das secretarias da Saúde de todo o Estado. O próximo passo da participação do IEPS no Programa Cuidar Melhor é acompanhar e monitorar a implementação dos planos de ação elaborados em cada município e, desta forma, dar continuidade na parceria com a SESA-CE.