O que precisa melhorar nas políticas públicas de saúde mental
Foto: Ricardo Puppe/Governo do Estado da Paraíba
Foto: Ricardo Puppe/Governo do Estado da Paraíba

A pandemia fez transbordar um problema que já estava em ponto de ebulição e diante do qual o Brasil pouco avançou — em alguns sentidos, regrediu — nos últimos anos: a atenção à saúde mental.

Pois um roteiro para iluminar o que exige mudanças foi publicado pelo Instituto de Estudos para Políticas de Saúde (IEPS) e o Instituto Cactus. No relatório Cenário das Políticas e Programas Nacionais de Saúde Mental, a análise de índices e ações do governo em esferas como atenção primária e hospitalar demonstra que é imperioso rever a concepção e a adoção de uma série de medidas.

Leia a reportagem na íntegra no portal da Veja Saúde.