Propostas de saúde mental respondem aos desafios da saúde pública
Atividades no único Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) do Oiapoque. Foto: Adriano Vizoni/Folhapress.
Atividades no único Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) do Oiapoque. Foto: Adriano Vizoni/Folhapress.

No início de julho foi lançada a “Agenda Mais SUS: Evidências e Caminhos para Fortalecer a Saúde Pública no Brasil”. A Agenda é uma realização do Instituto de Estudos para Políticas de Saúde (IEPS) e Umane, e tem o objetivo de contribuir com o debate público eleitoral a partir de diagnósticos e propostas concretas para o aprimoramento do Sistema Único de Saúde (SUS). Ao total, são apresentados seis caminhos, sendo um deles destinado à saúde mental, construído em parceria com o Instituto Cactus, a partir de quatro grandes propostas a serem priorizadas pelos próximos governantes visando a valorização e a promoção da Saúde Mental.

Leia o artigo na íntegra no blog “Saúde em Público”, da Folha de S. Paulo.