INTRODUÇÃO – Este trabalho analisa a cobertura da vacinação contra COVID-19 das pessoas com deficiência (PCD) no município do Rio de Janeiro, finalizada em final de maio de 2021. Essa análise permite aprimorar estratégias de vacinação do município, bem como ampliar o debate sobre a situação da vacinação das PCD, em nível nacional. Para estimar a necessidade de oferta e de demanda de doses de vacinas para esse grupo foram relacionados dados obtidos por meio dos microdados das bases do Censo Demográfico de 2010 (IBGE), do openDataSUS e de dados georreferenciados das unidades de saúde do município. Verificou-se uma baixa cobertura vacinal desse grupo, em todas as faixas etárias, relacionadas com desigualdades socioeconômicas e espaciais. A deficiência pode ser considerada um fator agravante da desigualdade social, de modo que as PCD sofrem duplamente maior risco de contágio e óbito por COVID-19: por questões de saúde e por questões socioeconômicas.

Baixe o documento e leia naandr íntegra